A Chuva Pasmada PDF/EPUB ☆ A Chuva ePUB ´

A Chuva Pasmada PDF/EPUB ☆ A Chuva ePUB ´

A Chuva Pasmada ❰Ebook❯ ➩ A Chuva Pasmada Author Mia Couto – Capitalsoftworks.co.uk De repente, numa aldeia africana, a chuva n o cai, fica suspensa, pasmada , diz um rapazinho da aldeia O rio tamb m est a secar Ser culpa de uma f brica instalada perto dali Ser magia Que papel t m aq De repente, numa aldeia africana, a chuva n o cai, fica suspensa, pasmada , diz um rapazinho da aldeia O rio tamb m est a secar Ser culpa de uma f brica instalada perto dali Ser magia Que papel t m aqui os velhos mitos e lendas Os mandadores das nuvens conseguir A Chuva ePUB ´ o resolver o problema Mia Couto conduz nos a um universo m gico a que as bel ssimas ilustra es de Danuta Wojciechowska d o um toque especialExcerto Como ele sempre dissera o rio e o cora o, o que os une O rio nunca est feito, como n oest o cora o Ambos s o semprenascentes, sempre nascendoOu como eu hoje escrevo milagre o rio n o findar maisMilagre o cora o come ar sempreno peito de outra vida Como ele sempre dissera o rio e o cora o, o que os une O rio nunca est feito, como n oest o cora o Ambos s o semprenascentes, sempre nascendoOu como eu hoje escrevo milagre o rio n o findar maisMilagre o cora o come ar sempreno peito de outra vida.


10 thoughts on “A Chuva Pasmada

  1. Agostinho Barros Agostinho Barros says:

    Abordando a tem tica de escassez de gua por castigo divino , a obra conta a hist ria de uma fam lia reduzida um pai, m e, av e tia Desenvolvendo s ilus es causadas pela secura, o subir dos peixes ao c u, a pesca de fruta, a narrativa recorre a muitas informa es codificadas que exigem ao leitor uma leitura adequada e atenta Retratando as discuss es de fam lia, a perda de familiares, a solteirice da tia, a obra reflete acerca de lendas e mitos, e atrav s de neologismos fala acerca de reco Abordando a tem tica de escassez de gua por castigo divino , a obra conta a hist ria de uma fam lia reduzida um pai, m e, av e tia Desenvolvendo s ilus es causadas pela secura, o subir dos peixes ao c u, a pesca de fruta, a narrativa recorre a muitas informa es codificadas que exigem ao leitor uma leitura adequada e atenta Retratando as discuss es de fam lia, a perda de familiares, a solteirice da tia, a obra reflete acerca de lendas e mitos, e atrav s de neologismos fala acerca de reconcilia o entre parentes Trata se de uma obra sens vel e de leitura cativante Recomendo vivamente a todos aqueles que gostam de uma literatura simplista ao n vel dos ornamentos liter rios, mas rica em conte do Milagre o cora o come ar sempre no peito de outra vida pg 76


  2. Tiago Borlido Tiago Borlido says:

    Neste livro maravilhoso, Mia Couto conta nos, atrav s dos olhos duma crian a, a est ria de como um dia a chuva deixou de cair e ficou quieta, pasmada a flutuar no c u Foi com este livro que descubri Mia Couto e fiquei completamente seduzido pelo seu estilo de escrita simples e pouco pretensioso, mas de grande beleza O enredo cose cren as cat licas com religiosidade africana numa premissa altamente criativa e imaginativa, que , mais que qualquer outra coisa, uma homenagem a Mo ambique, s Neste livro maravilhoso, Mia Couto conta nos, atrav s dos olhos duma crian a, a est ria de como um dia a chuva deixou de cair e ficou quieta, pasmada a flutuar no c u Foi com este livro que descubri Mia Couto e fiquei completamente seduzido pelo seu estilo de escrita simples e pouco pretensioso, mas de grande beleza O enredo cose cren as cat licas com religiosidade africana numa premissa altamente criativa e imaginativa, que , mais que qualquer outra coisa, uma homenagem a Mo ambique, sua terra natal Um livro que recomendo a toda a gente


  3. Rogerio Rogerio says:

    H que ler muito nas entrelinhas deste livro Achei interessante como ele explora a realidade de uma fam lia negra e pobre atrav s de conceitos que giram em torno gua N o ficou muito claro se ele entendia que as personagens representassem algum arqu tipo ou n o, pois elas mudam demais de atitude durante o texto para que se possa agarrar um fio condutor definido Gostei de como a fam lia tenta fazer chover por exemplo jogar a terra na chuva j que a chuva n o cai e h tanta cren a e fantas H que ler muito nas entrelinhas deste livro Achei interessante como ele explora a realidade de uma fam lia negra e pobre atrav s de conceitos que giram em torno gua N o ficou muito claro se ele entendia que as personagens representassem algum arqu tipo ou n o, pois elas mudam demais de atitude durante o texto para que se possa agarrar um fio condutor definido Gostei de como a fam lia tenta fazer chover por exemplo jogar a terra na chuva j que a chuva n o cai e h tanta cren a e fantasia bem costuradas Menos original o paralelo entre a chuva pasmada e as vidas das personages O livro de f cil leitura, r pido e com desenhos art sticos


  4. Leninha Leninha says:

    Sabe qual a diferen a entre borboleta e gente A pessoa tem alma, borboleta alma.O pirilampo morre N o Que ele como sol apenas se p e.


  5. Carla Carla says:

    I loved the imagination, the dream like aspect of the stilled rain And also the drawings.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

10 thoughts on “A Chuva Pasmada

  1. Agostinho Barros Agostinho Barros says:

    Abordando a tem tica de escassez de gua por castigo divino , a obra conta a hist ria de uma fam lia reduzida um pai, m e, av e tia Desenvolvendo s ilus es causadas pela secura, o subir dos peixes ao c u, a pesca de fruta, a narrativa recorre a muitas informa es codificadas que exigem ao leitor uma leitura adequada e atenta Retratando as discuss es de fam lia, a perda de familiares, a solteirice da tia, a obra reflete acerca de lendas e mitos, e atrav s de neologismos fala acerca de reco Abordando a tem tica de escassez de gua por castigo divino , a obra conta a hist ria de uma fam lia reduzida um pai, m e, av e tia Desenvolvendo s ilus es causadas pela secura, o subir dos peixes ao c u, a pesca de fruta, a narrativa recorre a muitas informa es codificadas que exigem ao leitor uma leitura adequada e atenta Retratando as discuss es de fam lia, a perda de familiares, a solteirice da tia, a obra reflete acerca de lendas e mitos, e atrav s de neologismos fala acerca de reconcilia o entre parentes Trata se de uma obra sens vel e de leitura cativante Recomendo vivamente a todos aqueles que gostam de uma literatura simplista ao n vel dos ornamentos liter rios, mas rica em conte do Milagre o cora o come ar sempre no peito de outra vida pg 76

  2. Tiago Borlido Tiago Borlido says:

    Neste livro maravilhoso, Mia Couto conta nos, atrav s dos olhos duma crian a, a est ria de como um dia a chuva deixou de cair e ficou quieta, pasmada a flutuar no c u Foi com este livro que descubri Mia Couto e fiquei completamente seduzido pelo seu estilo de escrita simples e pouco pretensioso, mas de grande beleza O enredo cose cren as cat licas com religiosidade africana numa premissa altamente criativa e imaginativa, que , mais que qualquer outra coisa, uma homenagem a Mo ambique, s Neste livro maravilhoso, Mia Couto conta nos, atrav s dos olhos duma crian a, a est ria de como um dia a chuva deixou de cair e ficou quieta, pasmada a flutuar no c u Foi com este livro que descubri Mia Couto e fiquei completamente seduzido pelo seu estilo de escrita simples e pouco pretensioso, mas de grande beleza O enredo cose cren as cat licas com religiosidade africana numa premissa altamente criativa e imaginativa, que , mais que qualquer outra coisa, uma homenagem a Mo ambique, sua terra natal Um livro que recomendo a toda a gente

  3. Rogerio Rogerio says:

    H que ler muito nas entrelinhas deste livro Achei interessante como ele explora a realidade de uma fam lia negra e pobre atrav s de conceitos que giram em torno gua N o ficou muito claro se ele entendia que as personagens representassem algum arqu tipo ou n o, pois elas mudam demais de atitude durante o texto para que se possa agarrar um fio condutor definido Gostei de como a fam lia tenta fazer chover por exemplo jogar a terra na chuva j que a chuva n o cai e h tanta cren a e fantas H que ler muito nas entrelinhas deste livro Achei interessante como ele explora a realidade de uma fam lia negra e pobre atrav s de conceitos que giram em torno gua N o ficou muito claro se ele entendia que as personagens representassem algum arqu tipo ou n o, pois elas mudam demais de atitude durante o texto para que se possa agarrar um fio condutor definido Gostei de como a fam lia tenta fazer chover por exemplo jogar a terra na chuva j que a chuva n o cai e h tanta cren a e fantasia bem costuradas Menos original o paralelo entre a chuva pasmada e as vidas das personages O livro de f cil leitura, r pido e com desenhos art sticos

  4. Leninha Leninha says:

    Sabe qual a diferen a entre borboleta e gente A pessoa tem alma, borboleta alma.O pirilampo morre N o Que ele como sol apenas se p e.

  5. Carla Carla says:

    I loved the imagination, the dream like aspect of the stilled rain And also the drawings.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *